Saiba como foi o primeiro ciclo da Escola de Transformação DIST Campinas

20/01/2017 | Ricardo Oliveros | Blog, Responsabilidade Social | Tags: Tags:, , ,

A Escola de Transformação DIST Campinas, uma parceria do Elos com a Demacamp, apoiado pelo Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal dentro da estratégia Desenvolvimento Integrado e Sustentável dos Territórios (DIST), inclui uma série de ações: formação de lideranças comunitárias, festival de projetos, encontros de troca de experiências, visitas de inspiração em comunidades que trilham o caminho de desenvolvimento pessoal e coletivo.

LOCALIZAÇÃO DIST CAMPINAS

Antes da Vivência Oasis, que abre a Escola de Transformação, no dia 27 de janeiro, estamos na fase final do Ciclo 1, relativo à Análise e Conexão, ou seja, a descoberta da realidade local e estabelecimento de parcerias para a jornada. A Demacamp fez o Diagnóstico Urbano com leitura técnica e comunitária da situação atual dos empreendimentos, suas condições sociais e físicas, os principais desafios, através de levantamento de dados, relatório técnico, diagnóstico participativo.

Do dia 17 até 26 de janeiro serão feitas as apresentações dos resultados em reuniões comunitárias. Serão 10 reuniões para o Residencial Abaeté, e 15 reuniões no Residencial Sirius. Assim que a primeira fase do DIST terminar no Residencial Bassoli, as mesmas ações acontecerão por lá. No dia 17 de janeiro teve apresentação para a equipe técnica do DIST da Caixa Econômica Federal.

caixa

Destaque para os desafios e oportunidades para cada um dos conjuntos habitacionais. Em cada reunião, os moradores são convidados a ampliar a lista abaixo.

Desafios do Residencial Abaeté

O sistema de lazer não foi implantado; a localização dos terrenos públicos foi concentrada no limite rural do mesmo; faltam árvores nas calçadas; uma única área para equipamentos sociais; estão em construção dois equipamentos sociais: creche e o posto de saúde (San Diego); os equipamentos sociais do entorno não conseguem atender a demanda total do Abaeté; comércios instalados nas calçadas; ausência de equipamentos de lazer; vagas em escolas próximas insuficiente; ausência de equipamentos culturais; distância dos equipamentos de saúde.

Oportunidades do Residencial Abaeté

Acesso fácil para o centro e outras regiões de Campinas; proximidade com a área rural produtiva, Aeroporto de Viracopos e o distrito industrial; boas áreas comuns; ação civil no Ministério Público sobre a construção do conjunto; revisão das áreas de zoneamento no Plano Diretor.

rodas de conversa

Desafios do Residencial Sirius

O sistema de lazer não foi implantado; a  localização dos terrenos públicos foi concentrada no limite rural do mesmo; faltam árvores nas calçadas; uma única área para equipamentos sociais; os equipamentos sociais do entorno não conseguem atender a demanda total do Sirius; não há lotes comerciais: comércios instalados nas calçadas e em avenida; ausência de equipamentos de lazer; vagas em escolas e creches próximas insuficiente; distância dos equipamentos de saúde.

Oportunidades Residencial Sirius

O Parque Linear do Rio Capivari; Escola Técnica Federal; boas áreas comuns; ação civil no Ministério Público sobre construção de equipamentos e cessão de terreno; revisão das áreas de zoneamento no Plano Diretor.

abaeté

O próximo passo é a Vivência Oasis, que acontece simultaneamente nos dois conjuntos, e que é o primeiro curso da Escola de Transformação. Se você quer participar, por favor, faça sua inscrição aqui: www.bit.ly/escoladetransformacaocampinas.