Guerreiros Sem Armas: saiba sobre a seleção do programa

20/02/2017 | Ricardo Oliveros | Blog, Jogos de Transformação, Responsabilidade Social | Tags: Tags:, , , ,

Dentro do processo de seleção do Guerreiros Sem Armas, procuramos desde 1999, um modo criativo para selecionar os candidatos ao programa. O Caminho do Sim é um jogo colaborativo, onde os participantes já colocam a mão na massa para transformar o mundo, mesmo antes de chegar aqui. O grande avanço é que em 2014, o jogo ganhou uma plataforma interativa, com a programação desenvolvida com a MKT Virtual de Santos. O jogo também é usado nos últimos quatro anos do processo de seleção do Programa Jovens Talentos da Arymax e no Novo Programa Instituto Reciclar. Fizemos uma entrevista com a Val para saber mais sobre esse processo que é ser selecionado para o Guerreiros Sem Armas.

Comitê de Seleção

Comitê de Seleção do Guerreiros Sem Armas

O que falamos pouco, é que para escolher os candidatos para o programa, temos um Comitê de Seleção que é formado por Val Rocha e Fernando Conte (GSA 2012), do Núcleo de Relacionamento do Elos, e neste ano, por facilitadores do Núcleo de Realização, como Clarissa Muller (GSA 2012), Mariana Felippe (GSA 2009), Niels Koldewjin (GSA 2011) e Renata Laurentino (GSA2012). Temos também @s  Guerreir@s sem Armas, como Simone Batista (GSA 2014), Hannah Needleman (GSA 2015), Daniella Dolme (GSA 2015).

Vale lembrar, que todos os Jogos de Transformação do Elos, entre eles o Caminho do Sim, têm como principais características:

1. Ao final todos saem ganhando

Independente de ser selecionado ou não para um determinado processo, o participante tem um ganho significativo ao final do jogo.

2.  Cultura de feedback

Todos que terminam o jogo participam de uma conversa onde pessoas que avaliam os resultados lhes apresentam os pontos positivos e negativos do processo.

3.  Estar pronto para ação

Uma questão que é importante dentro dos games do Elos é mostrar que além de ser capaz de formular um plano, o participante demonstra que é capaz de realizar alguma etapa significativa do plano.

4.  Capaz de articular uma ação coletiva

A colaboração entre os participantes é fundamental para o sucesso durante o desenvolvimento do jogo. Eles devem ser vistos como parceiros e uma rede de talentos e recursos que está disponível para todos.

CaminhodoSim

Colocar a mão na massa é um dos desafios do Caminho do Sim

 

Por que dizemos que o Caminho do Sim não é uma competição?

Para começar o processo de seleção, “temos uma reunião de abertura onde falamos sobre a atitude ética para a leitura da jornada de cada participante, porque existe uma confiança das pessoas que estão no jogo e colocando fatos muito pessoais”, esclarece Val sobre como se inicia o processo de seleção.

Os membros do comitê quando lêem as cinco ações que são executadas pelos participantes, procuram saber o que cada um(a) está buscando, quais os desafios que estão presentes na jornada atual, e quais as qualidades que dispõem para alcançar suas metas.

Por isso, não é uma competição, e não há comparação entre os jogadores. Existe sim, uma combinação entre o que o programa oferece como base de desenvolvimento pessoal e coletivo, e o momento de vida, as inquietações e expectativas dos futuros Guerreir@s. Por exemplo, se na jornada @ participante, está buscando uma especialização em alguma técnica, como permacultura, por exemplo, o Guerreiros Sem Armas, não responde esta questão.

gsa

O participante deve saber analisar seus desafios e qualidades durante o Caminho do Sim

O que @s selecionad@s têm em comum?

A grande novidade na rodada de 2017 são os vídeos gravados pelo consultor Aser Cortines sobre temas que estão relacionados com as ações propostas pelo Caminho do Sim. Ele fala sobre Inteligências Múltiplas, Comunicação Não Violenta, a importância do propósito, como domar seu Dragão e Futuro. Estas falas colaboram para quem está jogando aprofunde questões que poderiam passar despercebidas, alem de colaborar em entender e lidar com os desafios pessoais.

Aser Cortines

Aser Cortines

“Uma característica comum entre @s selecionad@s é a urgência, expressa em falas do tipo: ‘ como está não dá para ficar’, em relação a alguma situação que lhes incomoda. É aquele momento em que percebem que precisam mudar algo e não dá para esperar”.

Ao final do jogo, todos os que terminaram as etapas, podem participar de uma conversa de feedback que dura entre 40 minutos a 1h20, que serve para aprofundar os aprendizados e aponta a responsabilidade de cada um quanto as oportunidades que surgiram no seu caminho.

gsa03

Não importa o tamanho da ação proposta, mas o quanto que o participante está comprometido com ela

Mais informações: Guerreiros Sem Armas

*** A 10a. edição do Guerreiros Sem Armas conta com a parceria da Codesp, da ADM, do Guardiões da Transformação, nosso programa de doação recorrente. Colabore você também

Caminho do Sim: de processo seletivo para jogo de transformação

11/08/2016 | Ricardo Oliveros | Blog, desenvolvimento local, Jogos de Transformação, Linha do Tempo Elos, Responsabilidade Social | Tags: Tags:, ,

A primeira versão do Caminho do Sim surgiu em 2008, quando era jogado através de blogues. Desde 2014, se tornou origem da nossa plataforma de jogos de transformação, e neste ano, deixou de ser um processo de seleção para o Guerreiros Sem Armas e ser um método de desenvolvimento pessoal, onde é cobrada uma taxa de inscrição de R$ 150.

“Temos 3 pilares centrais neste jogo. Primeiro, as pessoas perceberem o potencial concreto que cada um tem de mudar o mundo. A segunda coisa é a noção que não estamos sós, que fazemos parte de um coletivo maior. Terceiro é apreender como as pessoas se organizam para resolver uma questão”, revela Ricardo Oliveros, co-criador do jogo.

CaminhodoSim

O jogo tem 5 fases, e cada uma tem quatro possibilidades que são representadas por palavras-chaves que descrevem qualidades que podem ser desenvolvidas por aqueles que pretendem fazer parte de algum tipo de transformação social. Por nossa proximidade e várias formações feitas com Kaka Werá, desde 1999, há uma ligação profunda entre as qualidades dos elementos e cada uma das portas.

KAKA

A inovação quando migramos para a plataforma é ter todo conteúdo em um único lugar, existir uma interação direta em único espaço, além de possibilitar a mensuração de impactos das ações desenvolvidas pelos participantes.

“Criar esta nova ferramenta responde a uma inquietação de linguagem e senso coletivo. Já que no processo anterior, cada participante escolhia um editor de conteúdo diferente dos outros, a plataforma permitiu desenvolver entre os jogadores o senso de pertencimento de comunidade, além de poder medir quantificar as ações e o impacto gerado. Ao desenvolver um espaço de linguagem unificada, garantiu que a criação estivesse vinculada a expressão coletiva, uso padrão de recursos e o compartilhamento de informações”, Fernando Conte, responsável pela inovação nos recursos da plataforma de jogos de transformação do Elos.

Ao longo das 5 etapas do jogo, existe um processo de comunicação voltada especificamente para os participantes, que é formado por um kit de inspiração para cada etapa, com exemplos que servem de norte para as tarefas. Ao final das fases, tem um vídeo com o consultor Aser Cortines. Os temas que ele trata servem para o jogador tenha a possibilidade de refletir sobre como agiu em cada uma das etapas. Ele fala sobre a importância do propósito, “como domar seu dragão”, comunicação não violenta, inteligências múltiplas, e a respeito de realidades, sonhos e futuro.

ASER

Durante o Caminho do Sim, cada jogador é exposto a uma série de situações e tem a percepção do que aconteceu consigo e com os outros, com quem interagiu. Ao mesmo tempo um grupo de pessoas, um comitê de seleção observa o jogo em detalhes. Estas pessoas conhecem intimamente o teor dos desafios propostos pelo jogo e o seu potencial para inspirar e provocar.

“Este comitê é guiado pela Filosofia Elos e o olhar generoso e cuidadoso sobre como cada um se transforma, formando um conjunto de observações que servem de base para uma conversa de feedback, onde exercitamos contar de forma compassiva o que vimos de qualidades e desafios para cada um dos jovens, ao mesmo tempo oferecemos a escuta atenta, queremos checar se o que foi observado a partir do nosso ponto de vista se alinha com a percepção do jogador. Não é um monólogo é um diálogo, uma experiência de crescimento mutuo que serve para nos apoiar em nossos próximos passos, em qualquer que seja a direção para a qual caminhemos”, revela Val Rocha, que coordena todo processo de comunicação com os jogadores, além do comitê de seleção, quando o Caminho do Sim é jogado com esta intenção, como por exemplo nas versões para a Fundação Arymax, na seleção do programa Jovens Talentos , e para o novo programa do Instituto Reciclar.

Muitos perguntam se depois de jogar uma vez, ainda assim vale a pena repetir todas as etapas. A matriz que compõem o jogo permite que o jogador tenha em cada etapa 4 possibilidades de caminho a seguir. Em termos matemáticos, existem 1024 de combinações diferentes de jogos. Além disso, mais do que uma gama de resultados diferentes, toda a metodologia do Caminho do Sim se apóia em três níveis de relações: eu comigo mesmo, eu com o outro, eu com o mundo. Com isso você aprende a desenvolver um olhar apreciativo sobre si mesmo, sobre o outro, a valorizar o desenvolvimento de projetos coletivos, e perceber que ninguém precisa estabelecer uma atitude competitiva e sim colaborativa para transformar o mundo no lugar que todos sonhamos.

Retrospectiva 2014: Processo Elos de Seleção conquista Natura e Fundação Arymax

26/12/2014 | Ricardo Oliveros | Blog, Linha do Tempo Elos, Responsabilidade Social | Tags: Tags:, , , ,

Anos selecionando jovens empreendedores para o GSA, acabou por nos dar uma expertise em processos seletivos, tanto que a Natura e a Fundação Arymax, confiam na gente para colaborar na escolha de jovens para seus respectivos programas.

O programa Jovens Talentos Natura atinge mais de 20000 jovens e por isso, a empresa queria transformar a seleção em um processo de desenvolvimento pessoal enriquecedor para os candidatos, e não somente uma competição onde os melhores são escolhidos. A escolha pelo Elos deu-se exatamente porque não era uma empresa tradicional. Como o programa Jovens Talentos tem poucas vagas em relação a demanda, o processo de seleção queria garantir que todos tivessem consciência que têm potencial, e descobrissem por si mesmos, que às vezes, eles não tem o perfil que a empresa procura naquele momento específico, mas isso não o desqualifica de forma alguma.

Total de jovens que participaram da fase presencial facilitada pela equipe Elos: 2.125 jovens

Jovens contratados depois da fase presencial: 235 jovens

Cidades onde facilitamos e onde os jovens irão trabalhar: Cajamar, São Paulo, Rio de Janeiro , Salvador, Belo Horizonte, Manaus e  Belém.

Estagiários (1º Semestre) - 25 salas com 25 jovens = 625 jovens na seleção presencial, com 42 jovens foram contratados para trabalhar pela Natura.

Estagiários (2º Semestre) - 30 salas com 25 jovens =  750 jovens na seleção presencial, com 73 jovens foram contratados pela Natura.

Jovens Aprendizes – 25 salas com 30 jovens = 750 jovens na seleção presencial, 120 jovens foram contratados

processo de seleção ELOS

Jovens Talentos Arymax

A Fundação Arymax foi criada em 1991, mantém o Programa de Jovens Talentos, com o objetivo de apoiar a formação de líderes com capacidade de realização, que façam a diferença na sua comunidade e no seu ambiente de trabalho. Após processo de seleção, o jovem terá acesso a coaching de vida e carreira, bolsas para pós-graduação, MBAs, palestras, workshops, vivências, trabalhos sociais orientados, seed money para projetos e ampliação de networking.

Pelo segundo ano consecutivo, o Elos foi convidado para aplicar o processo de seleção, através do Caminho do Sim. Em 2013 foram 84 participantes, e em 2014, tivemos 131 jovens, com 14 selecionados em cada edição.

Saiba mais em detalhes sobre este processo de seleção.

Nova rodada de seleção para o GSA 2015 começa no dia 17/11

12/11/2014 | Ricardo Oliveros | Blog, Comunidade Elos, desenvolvimento local, Responsabilidade Social | Tags: Tags:, ,

Pense numa imersão de 32 dias, onde 60 jovens do mundo todo são reunidos para aprender na teoria e prática uma forma de transformar o mundo juntos num lugar em que todos sonhamos, em 3 comunidades da Baixada Santista. Mas para chegar até aqui, você tem que dizer SIM para iniciar sua jornada. Este ano, toda a comunicação do GSA 2015, teve como inspiração elementos de uma grande jornada, e na frase: “navegar é preciso, viver não é preciso”, que foi imortalizada por Fernando Pessoa, naquela que teria sido dita pelo general romano Pompeu, em 70 a.C. Então, temos mapa, bússola, caminho, passos, que estão presentes tanto no texto, no site, quanto nas imagens.

CARTAZ

Antes, a gente dava todas as informações juntas, agora, ela é dada passo a passo, e quem se interessar, tem que concordar em continuar. Sim, ir na contracorrente de que tudo está disponível, rápido, numa velocidade em que acabamos não absorvendo nada do que lemos. Desta inspiração veio a frase chave: Quais os passos precisos para realizar o mundo que sonhamos? Fernando Pessoa já tinha pensado no duplo sentido da palavra PRECISO. Em português significa tanto algo que é necessário, quanto algo que é exato. Para muitos de nós, transformar o mundo é ao mesmo tempo necessário, todavia sabemos que esta transformação não é feita de qualquer jeito. Assim, como outras instituições e pessoas, nós descobrimos o nosso jeito de mudar o mundo, e queremos compartilhar esta maneira.

Como só temos 60 vagas por edição, criamos o Caminho do SIM, que é nosso processo seletivo, em forma de um jogo colaborativo, onde os participantes já colocam a mão na massa para transformar o mundo, mesmo antes de chegar aqui. Vamos para a segunda rodada, sendo que na primeira tivemos 35 pessoas de 10 países, e já estão inscritos mais 78 de 23 países. A grande surpresa, é que desta vez, o jogo ganhou uma plataforma interativa, que temos certeza, vai potencializar muito os nossos sonhos.

Então, mão à obra!!!! Se você conhece algum jovem que tem esse desejo, e que já fez algo nesta direção transformadora, por favor, indique o GSA para ele!!!!

AS INSCRIÇÕES SÃO AQUI

Caminho do Sim – Folha de aprendizagens

11/11/2014 | Val | Blog, Jogos de Transformação | Tags: Tags:

Este conteúdo foi criado para que possamos utilizar a plataforma Elos de Jogos de Transformação da melhor forma. Entender o seu funcionamento e as principais dúvidas.

Vai funcionar assim: se você tem uma dúvida que ainda não consta desta página, deixe um comentário – que me será enviado automaticamente por e-mail – e a resposta será enviada para você e incluída neste documento.

Tem sugestões de outras formas para fazer este procedimento? Estou superaberta a ouvir. É só você escrever o comentário e eu te respondo.

Se quiserem me achar na plataforma, aqui está o meu perfil: http://www.institutoelos.org/games/users/profile/val-rocha

Um grande abraço e até mais!

  • Login
  • Como editar a minha apresentação:
    • Clicar em perfil > editar perfil e no canto superior direito clicar em “editar minha apresentação”
    • OBS: a forma de entregar o seu vídeo é com um link do youtube, enquanto que o upload de imagem deve ser submetido no formato de uma apresentação de slides, ppt ou pptx;
  • Caminho do Sim:
    • Me inscrevo como Guerreiro ou jogador?
      • Se você já participou de uma edição inteira do GSA e tem um certificado, inscreva-se como GSA;
      • Se você trabalha no Instituto Elos, inscreva-se como equipe;
      • Se você quer participar do GSA e para isso vai participar do Caminho do Sim, então você deve se inscrever como jogador;
  • Como encontro uma outra pessoa que faz parte desta rodada na plataforma:
    • Te enviamos uma listagem por e-mail, mas estamos solicitando à equipe de manutenção do site uma solução para que seja possível filtrar os participantes seja por rodada, por idioma ou por localidade;
  • Tarefas

Para upload de imagem a plataforma aceita as seguintes Extensões: png, jpg, pdf, doc, docx, xls, xlsx ,ppt, pptx; Tamanho máximo: 2MB; Resolução mínima de 400px e máxima de 2000px

  • Validação de resposta:
    • Antes de preencher qualquer resposta ou subir qualquer dado para responder às perguntas de um passo, certifique-se de clicar no botão “Escolho esta porta”, se você pular esta etapa a plataforma irá acusar um erro e a resposta postada será perdida;
    • Após clicar no botão e selecionar a porta não será possível acessar o conteúdo das outras portas, ou mudar esta opção;
    • Escolhida a porta, você pode responder o arquivo de texto e fazer upload de imagem – só é possível salvar a sua resposta, e desta forma arquivar seu trabalho na plataforma após preencher todos os campos de uma questão. Por exemplo se a resposta requer um campo de texto e uma imagem, você pode salvar a sua resposta depois de preencher o campo de texto e subir a imagem;
    • Após preencher o campo de resposta e clicar no botão “anexar arquivos” – ainda que pareça que nada aconteceu – clique no botão “salvar respostas” e você verá que as imagens anexadas aparecerão na sua tela em tamanho pequeno e automaticamente a barra de acompanhamento da sua tarefa será preenchida;
    • Você pode ainda anexar novos arquivos ou eliminar arquivos caso mude de ideia, até a data de encerramento da tarefa;
    • A plataforma permite que você faça atualizações após esta data, no entanto, toda alteração fica registrada na plataforma e pode ser levada em consideração no momento de seleção;
    • Depois de preencher e salvar a sua resposta, clique na seta “próxima pergunta”, para ter acesso à próxima pergunta;
    • Atenção: Se você preencher a sua resposta e clicar em “próxima pergunta” sem salvar, os dados serão perdidos!