30 anos de uma trajetória apaixonada

Por Mariana Felippe
Dia 12 de janeiro foi um dia especial para Paulo von Poser e, por consequência, para todos que o admiram – caso da gente aqui do Elos. O artista plástico viveu mais uma noite de estreia, dessa vez, de sua exposição Trajetória, que comemora os 30 anos de sua primeira mostra e retrata seu processo criativo. Por sermos fãs, fomos em comitiva ao MuBE, o Museu Brasileiro de Escultura, em São Paulo, e tivemos gratas surpresas, como a performance realizada por ele, que mostrou seus talentos não só para as artes plásticas, mas também para as artes cênicas.

Foto: Ariane Mates

A trajetória do Instituto Elos com von Poser começou quando ele, que também é arquiteto, foi professor de Rodrigo Rubido Alonso, Natasha Mendes Gabriel, Mariana Gauche Motta e Thaís Polydoro na universidade. Como acontece com os bons mestres, a amizade continuou.

Foto: Mariana Felippe

Em 2011, tivemos a alegria de trabalhar com von Poser bem de perto, tendo-o como um dos consultores do Dia dos Voluntários Telefônica e ficamos muito felizes ao ver esse projeto destacado em sua linha da vida. Paulo foi o responsável pelo processo de criação e desenvolvimento dos murais que agora colorem a Barra Funda com imagens do próprio bairro. O mais especial nisso tudo é que o trabalho não foi realizado por mão-de-obra especializada, mas sim por voluntários, que deram cores aos contornos que já haviam sido feitos na pré-produção, e criaram obras lindas em apenas um dia. Com essa ação, pudemos ver o poder que um artista tem de não só produzir arte, mas de dar essa possibilidade a outras pessoas.
Além da exposição, as comemorações de 30 anos envolveram o lançamento de um site, que agora passará a reunir informações sobre o artista. Confira mais fotos da abertura da exposição no Flickr do Elos e no Facebook de Paulo von Poser.

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categorias

Arquivos