Fogo é o elemento central em Encontro de Guerreiros

Neste final de semana aconteceu no Espaço Elos, o Encontro de Guerreiros de Outono – FOGO, com a presença de mais de 25 GSAs das edições de 2007, 2009, 2011, 2012, 2014, 2015, 2017, 2018, com o objetivo de fortalecer a comunidade, celebrar os reencontros e acender a chama de transformação de ser GSA.

Um encontro curto de 2 dias, com conversas profundas e com a viva sensação de que durou mais de uma semana. A construção da agenda, atividades, horários,  tudo é construído de forma coletiva, cuidando ao mesmo tempo de cada participante, do grupo e da rede de GSAs.

De inspirações sobre o Jogo OASIS a como cuidar da saúde financeira da nossa rede, passando pelos sonhos de transformar e hackear uma cidade, até atividades mais relaxantes, meditativas e de partilhas sobre os processos individuais após viver o programa Guerreiros Sem Armas.

Por ser o Encontro do Fogo, foi necessário honrar as qualidades do elemento com uma fogueira, reconectar com a sua Re-evolução, partindo da frase: “agora que queimei o que era necessário, posso…”

Assim com a chama acesa , GSAs de todos os tempos se preparam para o próximo Encontro em agosto, que honrará o elemento Terra, e será a porta para receberem os novos integrantes da edição de 2019.

Se você quer fazer parte desta rede a partir de 2019, inscreva-se agora: GSA2019

Oasis Vila Margarida é Família GSA

Na última edição do GSA, o apelido para a rede que foi formada é FAMILIA! Dener Marcos Xavier (GSA2018) conseguiu isso no Oasis Vila Margarida, em São Vicente. Olha o time que ele conseguiu juntar: Lourdes Santo de Lima (GSA2017) que fez dupla com o Dener na facilitação; Bruna Bellandi e Patricia Ledo (GSAs 2018), André Pascoal (GSA2007), que colaboraram com a captação; Andre Palma (GSA 2018) e Ronaldo Pereira (GSA 2011) que colocaram a mão na massa.

Todo mundo junto fez uma quadrinha de futebol na rua com duas traves; uma pracinha móvel com uma mesa e três bancos; 2 mesas para jogar xadrez, pinturas nos muros, amarelinhas no chão e uma mesa de pingue-pongue.

“Quero agradecer muito agradecer o Elos por me cederem a caixa do Jogo Oasis e por todo aprendizado. Quero agradecer muito a toda vizinhança. Agradecer muito a todo mundo que mesmo de longe mandaram muita energia pra nós. Agradeço muito a todas e todos guerreiros que colaram e principalmente a Lourdes que puxou o bonde comigo. Sem ela não teria sido tão mágico como foi. Gratidão para todos os lados. Gratidão a Vida!!!”, contou Dener.

Para ele, a inspiração para fazer tudo isso é muito clara: “enquanto estiver vivo, vou ficar ao lado das crianças, tentando mostrar e vivenciar outras possibilidades de se conseguir o que quer, de múltiplas formas saudáveis!!!”.