Na busca por um design voltado à vida

Por Mariana Felippe
Como todo empreendimento social, o EarthCare Designs nasceu de um sonho. Como usar o design a serviço do meio ambiente e de produtos e sistemas que mudem a vida das pessoas? Essa resposta deveria ser simples de responder, mas a verdade é que, normalmente, ao invés de ter esse foco, o design serve às indústrias e suas necessidades.
Buscando ir contra a maré, um grupo inspirado de Nashik, India, criou esse centro de pesquisa que busca desenvolver um design voltado para o desenvolvimento, usando materiais que iriam para o lixo. O pilar para as ações é: design de tecnologias simples, gerenciamento de lixo sólido e fazer produtos úteis.
Já pensou fazer uma luminária feita com bexiga? E ter uma máquina de lavar movida a pedal? E gerar energia eólica com banners que iriam para o lixo? E que tal pensar em produzir brincos e utensílios domésticos com resíduos naturais envolvendo as mulheres de comunidades próximas? O desafio é grande, mas a vontade é maior ainda. E é assim que esse grupo vai sobrevivendo, com ideias inovadoras e mudança de atitudes.

Composteira desenvolvida a partir de materiais reutilizáveis e com baixo uso de componentes químicos

A ideia inicial partiu de um grupo de estudantes que, perto da conclusão do curso universitário, começou a se questionar: “em que empresa queremos trabalhar? Estamos fazendo coisas diferenciadas na universidade, então, por que não continuar trabalhando assim?”. Decidiram, então, que tinham que fazer mais e apoiados por um de seus professores da universidade, Nitin Paranjape, resolveram empreender seu próprio negócio. Juntos, estão construindo novos modelos, aprendendo na prática a fazer design diferenciado e também a sobreviver enquanto organização em um mercado onde produção sustentável não é tão valorizada quanto eles sonham.
Nitin, que foi professor da maioria dos jovens, segue sendo o mentor do grupo, agregando sua experiência em gestão de organizações e mobilizando sua rede de contatos, mas, para ele, sua contribuição principal é trazer a consciência da importância do relacionamento pessoal no trabalho dos designers. Nesse caminho, o escritório sem divisões físicas, a projetação coletiva e os almoços compartilhados tornam-se também um aliado na busca por um mundo mais humanizado. “Eles são obcecados pelo design e eu sou obcecado por projetar (design) o mundo”.
Quer saber mais? Acesse o EarthCare Designs! E, se tiver a oportunidade de ir a Índia, marque uma visita. Garanto que você será tão bem recebido quanto eu fui, com direito a almoço e tudo.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos