Viver à troca: projecto Believe

Por Andreia Marques*, em português de Portugal
No dia 11 de dezembro de 2011, a Andresa Sagueiro dicidiu viver durante 1 ano, 11 dias, 11 horas e 1 minuto com apenas 1111 euros. Eu conheci-a no Oasis da Amadora. A Andresa tinha vindo participar na mão-na-massa em troca do almoço, e foi também assim que descobri o seu projecto Believe – Viver à Troca.
A Andresa tinha 3 sonhos quando era criança: “todos serem felizes, um mundo ‘cor-de-rosa’ e toda a gente sorrir!”  Tendo por base esses sonhos e a vontade de conectar pessoas e grupos, iniciou este projecto “com o desejo de se tornar uma pessoa mais sustentável, ecológica, poupada, saudável, mais humana e feliz.”
Desde logo se apercebeu que para ser mais feliz , precisava de alargar essa felicidade aos outros, para que, em conjunto, o mundo pudesse ser um lugar melhor. Então, durante estes 11 meses, a Andresa viveu uma semana à troca em 11 comunidades sustentáveis, conseguiu uma troca com uma companhia aérea portuguesa para viajar até Moçambique com um projecto de desenvolvimento local e fez mais de 11111 trocas.

O seu objectivo, em suas palavras, era “trocar as voltas à vida, tornando-se assim uma pessoa melhor, e desta forma inspirar outras pessoas a trocarem também as suas vidas” .Para os que se perguntam sobre o porquê do número 1 estar sempre presente, a Andresa explica a sua simbologia: “Foi apenas uma série de coincidências que foram surgindo ao longo do tempo em que fui construindo o projeto, datas, número de pessoas numa reunião… tudo partia do 1, depois 11, depois 111 e 1111 euros! Cada um de nós somos um 1, todos juntos também somos 1, um mundo!”
O projecto Believe nasce então do objectivo de ajudar outras pessoas a contrariar o contexto de crise económica através desse “efeito multiplicador da partilha”. Começou com um grupo de trocas no Facebook, intitulado “Troco 1 hora” e a partir daí foram-se organizando feiras de trocas presenciais e mensais, que apesar de se iniciarem em Lisboa, começaram a estender-se por todo o país. Hoje, o projecto Believe disseminou-se por outros lugares e o grupo de trocas, que esteve no início de tudo, foi também replicado em Espanha, Inglaterra e Polónia.

Eu acredito e a Andresa também, na força de sonhar colectivamente, de encarar os desafios com sorrisos e no poder que está em cada um nós de “unir um país, fazer a diferença e ‘trocar as voltas’ às mentalidades, porque o mundo pode mudar e todos nós podemos fazer parte dessa mudança.”
Mas, o que será que leva alguém a deixar o conforto de ter um salário no final do mês, de poder ir ao supermercado comprar o que precisa, de ter a sua própria casa, de não fazer a menor ideia de como poderá ser o dia de amanhã e de aceitar viver com todos os riscos de contrariar os hábitos de TER, que tantas vezes se confundem com SER?
Será o amor que leva alguém a viver assim?
O Amor! O AMOR é “a razão de tudo isto!”
Assista o vídeo sobre o projecto Believe e veja o que já foi publicado nos media aqui. No dia 25 de novembro de 2012 (domingo), realizaremos o encontro Believe Oasis: Ser Portugal, em Lisboa, para aqueles que querem sonhar colectivamente com o melhor dos mundos e desenvolverem ferramentas para juntos fazerem acontecer em apenas 1 dia! Para saber mais, acesse o evento no Facebook.
*Andreia Marques é oasiana, designer e trabalhou no Instituto Elos por 9 meses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *