O que é essa tal permacultura?

Por Val Rocha*

O que é permacultura?

Ah… esse foi um capítulo à parte no dia do Workshop Espaço de Permacultura dos Sonhos, que aconteceu no Jardim Botânico Chico Mendes em Santos, em 4 de Outubro de 2011. Todos queriam construir e criar um espaço dos sonhos no local, mas tinha uma questão: o que é permacultura? Ninguém parecia saber muito bem. E foi Paulo Marco, do Jardim Botânico, quem trouxe a primeira luz.
A permacultura é um método de planejamento que leva em consideração as origens dos materias e busca soluções de baixo impacto para o meio ambiente… Isso foi o que entendi, e saí para pesquisar. Compartilho agora com você algumas das maravilhosas descobertas que fiz.
O que achei muito interessante sobre a permacultura é o cuidado com a escala dos sistemas com que trabalha. A escala na permacultura é humana, ou seja, são projetos do tamanho que podemos usar e cuidar. O método foi criado na Austrália na década de 70 por dois ecologistas: Bill Molison e David Holmgreen. A origem do nome vem de Permanent Agriculture e mais tarde se estendeu para Permanent Culture, um termo que carrega em si o próprio conceito de sustentabilidade: gerar sistemas que funcionem agora sem inviabilizar que os recursos estejam disponíveis para futuras gerações.
Achei o conceito apaixonante e fiquei imaginando o que isso quer dizer na prática. Durante as minhas pesquisas, me deparei com exemplos inspiradores no Brasil e no exterior.
No Brasil, se destacam o trabalho do Bioarquiteto, com Tomaz Lotufo e Henrique Pinheiro, que trabalham o tema evocando uma outra característica importante da permacultura: as relações. Eles falam de forma muito leve sobre o assunto em artigos no site e é uma ótima forma de iniciar o seu aprendizado sobre esta abordagem holística na construção e manejo de sistemas humanos.
Outra referência que encontrei que me ajudou a compreender melhor o tema foi o Guilherme Castanha. A entrevista que deu para a Rádio Globo, aborda o tema e apresenta de forma muito direta e simples, vale a pena ouvir! Clique aqui para ouvir a entrevista de Guilherme Castanha.
Tetos verdes, um aplicação prática da permacultura
Para falar menos e mostrar mais, resolvi me concentrar em um exemplo de permacultura que vem ganhando popularidade: o teto verde ou teto de grama, como também é conhecido. Aqui mesmo no Elos temos um pequeno teto verde. Ele aumenta a área permeável da cidade – o que tem um grande impacto na redução de enchentes, aumenta o conforto térmico dos ambientes e é uma alternativa para a produção de alimentos – sim, porque nem só de grama vivem os tetos verdes – e claro, é muito bonito.
Adorei conhecer exemplos diversos de teto verdes de tamanhos e formas diferentes. Me deliciei e achei que vocês gostariam de ver alguns desses exemplos espalhados pelo mundo. O trabalho de Hundertwasser mistura arte e permacultura, como é possivel ver na obra Waldspirale, em Darmstadt, Alemanha.

Também existem exemplos em Madri, como a parede verde da Caixa Forum.

Os moradores da cidade de Chicago contam com uma política pública que incentiva a construção de tetos verdes na cidade. A prefeitura deu o exemplo construindo o seu próprio teto verde, e é possível conhecer outros exemplos da mesma natureza na cidade, que disponibiliza muita informação para quem quer saber como construir o seu, quais os benefícios, além de ter um mapa que mostra a localização dos tetos verdes na cidade!

Essa investigação, a partir da minha curiosidade, só me deixou com mais vontade de aprender e praticar permacultura, com outras aplicações e técnicas. Com certeza vamos publicar mais sobre o tema por aqui. Da próxima vez, quem sabe temos o privilégio de ter o parecer de alguém que realmente entende do assunto?
Mais referências:
WikipediaPermear e rede de permacultores
*Val Rocha é coodenadora do Núcleo de Relacionamentos do Instituto Elos e uma curiosa sobre temas diversos.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos