50 jovens e instituições começam a jogar E-mpulse

Nosso mais recente game é o E-mpulse , que tem como objetivo fazer com que os participantes, sejam indivíduos ou organizações, desenvolvam projetos sociais de alta relevância, através de sete etapas, onde além das tarefas, um grupo de especialistas dará um treinamento em questões específicas. Por se tratar de uma parceria internacional, a plataforma será em inglês. Niels Koldewijn, do Elos Foundation, fala sobre o jogo, que começou com um grupo de 50 selecionados do mundo todo.
empulse
1.   Como surgiu a ideia do E-mpulse?
O jogo é mais um passo para construir nossa plataforma on-line de jogos voltados para o aprendizado, o intercâmbio e a ação local. Nossa intenção é dar apoio no desenvolvimento de projetos, na incubação de novas parcerias, e também fortalecer as parcerias existentes.
Outro motivo para a criação do jogo, é que vários participantes do Guerreiros Sem Armas, programa do Elos, estão precisando de mais apoio com seus projetos de Re-Evolução e querendo ir para além das colaborações locais.
Considerando esses dois grandes fatores, e a plataforma virtual que estamos desenvolvendo, este era o momento perfeito para dar espaço a um jogo que dá um impulso para as pessoas com grandes soluções sociais com base nos valores da igualdade e de colocar em movimento os projetos.
2. Qual objetivo do jogo?
O Jogo E-mpulse procura apoiar as iniciativas sociais com soluções locais para os desafios globais e é para aqueles que querem trazer a sua iniciativa para um próximo nível. O processo oferece um jogo com com desafios variados; coaching e mentoring para apoiar transformadores com ideias brilhantes e que querem transformá-las em projetos bem-sucedidos, com a possiblidade de formação de parcerias com jogadores de outros países.
3. Como foi o processo de seleção dos participantes?
Depois de se inscrever, eles preencheram um questionário. Nós selecionados com base em dados geográficos, motivação, diferentes tipos de campos de impacto e desejo de trabalhar dentro de modelos  colaborativos.
4. Quais são os parceiros do jogo?
Desenvolvimento: Elos Foundation (Niels
Altekio/GSA Madrid – Javier Fernandez/ Marta Orihuel Ayuso
Instituto Elos: Val Rocha e Paulo Farine, com o apoio de Natasha Mendes Gabriel e Ricardo Oliveros.
O jogo só foi possível por causa do E-Motive, Oxfam Novib, União Europeia, apoiado pelo Movimento Oasis Caribe, Kufunda, Sutradhaar Foundation India, e colaboração Impact Hub Madrid.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *