Kaká Werá está presente no GSA com a Pedagogia Indígena. Ela é o centro do Nível Mitológico do programa que acontece a partir da vivência dos cinco elementos

A Pedagogia Indígena de Kaká Werá é parte fundamental do GSA

 

Desde a primeira edição do Guerreiros Sem Armas que  Kaká Werá* está presente na formação de GSAs com a Pedagogia Indígena. Ela é o centro do Nível Mitológico do programa, que acontece a partir da vivência dos cinco elementos. Trabalhando com atividades em contato com a natureza, os jogos indígenas, e fogos de conselho, Kaká traz a importância dos saberes ancestrais na nossa atuação no mundo contemporâneo.

Kaká Werá por Isabela Senatore
Kaká Werá, por Isabela Senatore

A cada semana, o grupo vivencia um dos elementos da natureza – água, terra, fogo, ar e nhanderekó –  com objetivo de desenvolver nossas conexões com a natureza que nos constitui, favorecendo a integração entre ser humano e ambiente, numa percepção de que somos uma coisa só, que precisamos buscar nossas essências e mergulharmos profundamente na vida que pulsa em nós e no planeta. 

Jogo da Água por Isabela Senatore
Jogo da Água, por Isabela Senatore

Além de favorecer a conexão de cada pessoa consigo mesma e com as outras, essas experiências na natureza – que são os jogos indígenas – buscam permitir a reflexão sobre a importância de resgatarmos nossa humanidade, compreendermos nossa ancestralidade e respeitarmos a mãe terra, o planeta e todo o universo como sagrados para nossa convivência pacífica.

Jogo do Ar, por Biga Appes

Cada experiência com um dos elementos na natureza é acompanhada de uma conversa inspiradora e reflexiva com Kaká Werá, que colabora para a descoberta de potencialidades e fragilidades, de formas possíveis de conexão e do desenvolvimento espiritual.

Nhanderekó por Isabela Senatore
Jogo do Nhanderekó, por Isabela Senatore

*Kaká Werá Jecupé é índígena de origem tapuia, escritor, ambientalista, conferencista; fundador do Instituto Arapoty, organização voltada para a difusão dos valores sagrados e éticos da cultura indígena. É empreendedor social da rede Ashoka de Empreendedores Sociais e conselheiro da Bovespa Social&Ambiental. Desde 1998, leciona na Fundação Peirópolis e na UNIPAZ (Universidade da Paz). Tem como missão ajudar na construção e no desenvolvimento de uma cultura de paz pela promoção do respeito à diversidade cultural e ecológica. Já viajou e palestrou em diversos países, entre eles: Inglaterra, Estados Unidos, Israel, Índia, Escócia, México e França, sempre procurando levar mensagens da sabedoria dos povos ancestrais do Brasil. Se você quiser se aprofundar no assunto, Kaká é autor dos seguintes livros: Tupã Tenondé no Pé; A Terra dos Mil Povos – História Indígena do Brasil Contada por um Índio; O Mito Tupi-Guarani da Criação; As Fabulosas Fábulas de Iauaretê; Oré Awé – Todas as Vezes que Dissemos Adeus; e o mais recente, O Trovão e o Vento.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos