Somos todos Elos # 1: André Pascoal

Muita gente pergunta como é trabalhar no Elos. Ninguém melhor para começar esta série que o André Pascoal, nosso Diretor Financeiro. Ele tinha um sonho, como todos nós, mas a certa altura viu que dava para conciliar tudo, e não precisava mais fazer escolhas difíceis. Ele é um dos exemplos inspiradores que temos nas nossas vidas.
ANDRE PASCOAL 02
“Eu morava no Paquetá, e em 2003, estava acontecendo um mutirão por lá, em uma praça que estava abandonada fazia mais de 10 anos. Nunca tinha pensado em fazer nenhuma ação social, mas vi meu irmão mais novo lá trabalhando com todo mundo, e resolvi dar uma força”. Este é o começo da história que o André resolveu contar, de como conheceu o pessoal do Elos. Esta ação marcou a nossa primeira experiência com o Jogo Oasis, a partir dai a comunidade do Paquetá, por seus próprios méritos, estabeleceu diversas parcerias e acumula uma história de realizações, que inclui um prêmio nacional de melhor prática em Desenvolvimento Local.
André participou nos finais de semana com o Grupo de Jovens do Paquetá, entre 2003 e 2005. Entrou na Faculdade e acabou não dando conta de participar mais ativamente. Voltou em 2006 para ajudar na produção do Grupo de Teatro.  Resolveu prestar o processo de seleção para o Guerreiros sem Armas 2007. Em janeiro do ano seguinte, recebeu a notícia que tinha passado, só que tinha acabado ser contratado por uma empresa do setor privado. Ele não tinha grana para participar do GSA, conseguiu uma bolsa e resolveu pedir demissão do emprego.
“ Foi uma decisão difícil, mas senti que era uma oportunidade única, era uma intuição. A experiência me transformou muito. Mas tinha que acabar a faculdade, e queria muito mudar minha realidade financeira, expandir, ajudar minha mãe”.
Mesmo assim resolveu estagiar no Elos, por gostar muito do papel de facilitador, como no Oasis Santa Catarina e nos trabalhos em parceria com a Prefeitura de São Bernardo. “Em janeiro de 2009, resolvi assumir o papel de gestão para ajudar a Mariana Gauche durante o Guerreiros, já que tinha feito Administração de Empresas. No final de setembro, o Rodrigo Alonso e a Mariana, me chamaram para uma reunião e me ofereceram o cargo de Diretor Financeiro”.
Ele ainda continua facilitando alguns processos seletivos, ao lado da equipe, para empresas e instituições como Natura, Itaú, AIESEC. “Sinto que tenho muito a colaborar nesta área, por entender a linguagem empresarial, e ao lado da equipe, fui ganhando confiança, jogo de cintura e suporte para realizar estes trabalhos”. Mas para além das estratégias administrativas e financeiras, ele também faz um outro trabalho muito especial: aplicar o Jogo da Abundancia com os candidatos do GSA. No ano passado, para se ter uma ideia, 31 participantes participaram do jogo e conseguiram fazer uma captação coletiva de R$ 72.200,00. Ele já fazia isso antes, mas ficou melhor estruturado em 2013. Agora, estão levando esta experiência para as Comunidades Empreendedoras, mas esta é outra história!
Muito obrigado, André, por fazer parte da nossa vida!!!!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos