GSA 2015: O Afeto, a segunda disciplina da Filosofia Elos

Um dos princípios da Filosofia Elos é criar o afeto antes do medo e do julgamento e esse é o momento em que os participantes começam a realizar conexões afetivas com os moradores buscando, primeiramente, os talentos que estão por detrás das belezas que já conquistaram sua atenção.

“Realmente o clima aqui está muito bom, as pessoas receptivas, senso de comunidade, vizinhança… As pessoas se conhecem, entram nas casas umas das outras. Eu também estou surpreendido, imaginei que haveria resistência maior, que haveria tensão… Tem sido uma quebra de paradigma pra quem ouviu as histórias de violência e insegurança no Teteu”, comentou Paulo Farine, da Equipe Elos.

Ao buscar as pessoas da comunidade e conhecer suas histórias, vivências e talentos, estamos criando confiança, acolhimento, empatia e cuidado mútuo, elementos que ficam mais fortes através da escuta ativa. É importante focar em conversas que façam sentido para você e para o outro, escutar com o coração e dar total atenção a quem partilha, fazendo perguntas sobre o que estamos ouvindo e estimulando o nosso contador a aprofundar sua história. É muito comum, inclusive, recordarmos nossas próprias experiências significativas na produção de beleza durante essas conversas.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos