GSA 2015: Buscar os sonhos coletivos

Depois de conhecer de perto a comunidade, é hora de escutar os sonhos coletivos dos moradores. Conectar pessoas ao redor de um sonho comum é um dos passos para construir algo verdadeiro e, nesta etapa, os participantes aprendem como acessar e acolher as diferentes pessoas e sonhos em um ambiente de diálogo, compaixão e criatividade.

Desde o princípio dos Guerreiros Sem Armas, que as crianças ficam ao lado dos participantes, querem saber de onde vem, quem são. Elas são o principal foco dos sonhos dos moradores. “O meu sonho de bairro é um sonho de Brasil! Gostaria de ver as crianças e jovens com ocupação, boas para que possamos ter um futuro digno!” Curió, morador da Vila Charm’s.

“Quanto mais genuíno, profundo e precioso é o sonho, mais apoio ele tem por parte de toda a comunidade”, Rodrigo Rubido Alonso. “O meu sonho é uma creche para recém-nascidos, especialmente. Conseguir colocar uma criança em uma creche aqui leva 4 anos”. Jaciara, moradora da Vila Charm’s.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos