Guerreiros Sem Armas encerra neste sábado (5) com dois desafios: colocar projetos em prática e realizar 128 Oasis pelo mundo em 6 meses

  • Homepage
  • Não categorizado
  • Guerreiros Sem Armas encerra neste sábado (5) com dois desafios: colocar projetos em prática e realizar 128 Oasis pelo mundo em 6 meses

Os 64 jovens voltam para seus países com a missão de aplicar a metodologia Elos-Oasis em novas ações

Depois de 32 dias de dedicação total, mais 64 jovens de 20 países sairão formados do programa Guerreiros Sem Armas. No ultimo mês, eles atuaram em três comunidades de Santos (SP), e agora tem pela frente um desafio ainda maior: voltar para suas cidades e colocar em prática seus projetos pessoais em um curto período de tempo, além de realizar 128 Oasis (mutirões comunitários) pelo mundo, cumprindo assim o propósito do Instituto Elos Brasil, realizador do curso, que é “impulsionar o movimento de fazer acontecer já o mundo que todos sonhamos”.
Após vivenciarem os 7 passos da metodologia Elos-Oasis na Vila Pantanal, Tiro Naval e Mangue Seco-Butantã, os jovens empreendedores despediram-se dos moradores na segunda-feira (31) com uma Reunião de Futuro, em que conversaram sobre as realizações de janeiro e apoiaram-nos a pensar em novas ações, a partir dos sonhos da própria comunidade, para dar continuidade ao processo de transformação dos bairros.
Agora, é a vez dos jovens planejarem seus próximos passos com dois dias dedicados inteiramente para isso. Juntos, eles estão descobrindo pontos comuns e criando uma rede colaborativa, com a qual poderão se apoiar, mesmo estando a muitos quilômetros de distância uns dos outros. Essa rede servirá também para articular os 128 mutirões comunitários que o grupo pretende realizar por meio da metodologia Elos-Oasis apenas em 6 meses.
Confira o que foi realizado em cada uma das comunidades:
• Tiro Naval
Murais e jardins, preparação do espaço onde será a futura sede comunitária com início de muro de arrimo, projeto arquitetônico deste espaço, formação de grupo para padaria comunitária, com criação de logomarca e dois dias de produção e venda para público, e implementação de roteiro de Turismo de Base Comunitária, testado no último dia 26 (aniversário da cidade de Santos), com um grupo de 15 visitantes.
• Vila Pantanal
Adequação da estrutura para associação comunitária e praça com jardim na entrada da comunidade, além da criação da marca “Dona Pantanal”, com linha de produtos e acessórios produzidos com retalhos de lycra.
• Mangue Seco
Reforma de parquinho, construção da estrutura para sede comunitária, palco de madeira e criação de áreas verdes na comunidade. Para finalizar, o grupo atuou no desenvolvimento da linha de produtos “Mangue dos Sonhos” com produtos para casa, logomarca e blog.
Acompanhe os momentos finais do programa e saiba mais sobre os novos projetos pela cobertura online via Facebook, Twitter e pelo blog.
O programa Guerreiros Sem Armas tem patrocínio da Goodyear e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) do Ministério das Relações Exteriores do Governo Federal, parceria da Prefeitura Municipal de Santos, Sesc Santos, Santa Casa de Misericórdia de Santos, Commundo e Fairground e apoio do Núcleo Oikos, Sabesp, Gráfica Print Mais, Núcleo de Jovens Empreendedores do CIESP Santos, Grupo Ânima de Educação, Instituto Arapoty, Ecobrisa, Isca Tecnologias e Palas Athena. As organizações parcerias nas comunidades são a Academia de Capoeira Mestre Bahia, no Tiro Naval, Escola Municipal João Ignácio, no Mangue Seco-Butantã e Escola Municipal 28 de Fevereiro, na Vila Pantanal.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos