Jovens Talentos 2015 da Arymax colocam a mão na massa na Horta Bons Frutos

Nos dias 31/10 e 01/11, os Jovens Talentos 2015 da Fundação Arymax e o Instituto Elos realizaram um mutirão na Horta comunitária Bons Frutos, localizada no Caminho da União – Jardim São Manoel. Os 13 jovens participantes do programa, e a equipe Elos fortaleceram ainda mais os sonhos das mulheres da comunidade.

ARYMAX 01

“Quando o Elos nos contou que teria um Mão na Massa no final de semana com alguns voluntários, duvidei se dariam conta do trabalho, mas estou super feliz de me surpreenderem e ver tudo o que já fizeram por aqui”, comentou Simone, moradora da comunidade e uma das empreendedoras da Bons Frutos.
Além de preparar o plantio das novas mudas, eles criaram canteiros, jardins e hortas verticais, pintaram os muros (interno e externo), finalizaram a construção do quarto de ferramentas e sementes; venderam os pés de legumes e verduras; e iniciaram o trabalho da colheita de orgânicos com os moradores da comunidade.

ARYMAX 02

No programa deles de um ano, os jovens têm algumas imersões e essa foi a última do programa de 2015. Um marco importante para eles, como grupo, e para o Elos, como fechamento de um grande envolvimento desde o processo seletivo, que utiliza o Caminho do SIM, além dos encontros presenciais , e contato com os jovens durante o ano, em uma parceria com a Fundação Arymax, que começou em 2013.

ARYMAX 03

“A realidade que vivemos juntos nesse final de semana, só mostra como temos muito trabalho para fazer e como podemos trabalhar juntos para realizar o que queremos. É um grande presente estar aqui com o Elos novamente”, comentou Elissa Fichtler, da Fundação Arymax.

ARYMAX 04

Com esta ação, foi possível fortalecer os laços entre os participantes do  programa, e eles reconhecerem no grupo os talentos e recursos para futuros projetos, como podemos observar nos comentários dos participantes:
“Meu maior aprendizado e o que levo deste final de semana são as relações construídas com as mulheres da horta e ver o quanto eu aprendi convivendo com elas em dois dias”.
“Me marcou o tour que fizemos na comunidade. Vi tantas belezas aqui na horta e ao mesmo tempo tanta coisa a ser feita na comunidade aqui perto. Saio satisfeito em poder acompanhar todo o processo da alimentação, desde a criação dos canteiros, a plantação, colheita e venda para moradores”.
“Este final de semana foi essencial para nosso desenvolvimento como grupo, já que está sendo nossa última imersão juntos. Saio feliz e muito agradecida”.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos