Renata Minerbo e Tony Marlon são selecionados para o "Redes e Ruas"

Hoje é dia de celebrar! Dois GSA 2009, Renata Minerbo Strengerowski e Tony Marlon, acabaram de ser selecionados pelo edital Redes e Ruas, iniciativa da Prefeitura de São Paulo, que vai promover e fortalecer ações de cultura e inclusão digital e iniciativas de ocupação dos espaços públicos na cidade de São Paulo. “Sou arquiteta urbanista formada em junho de 2011 no Mackenzie e Guerreira Sem Armas 2009. Sempre fui uma pessoa de ação, característica que se fortaleceu ainda mais depois do GSA. Esta experiência sem dúvida mudou minha vida, meu jeito de ver as coisas, de ser, de agir e, principalmente, me fez acreditar que realmente podemos fazer acontecer já o mundo que sonhamos”, Renata também foi co-facilitadora do GSA 2014 e foi selecionada com sua iniciativa Acupuntura Urbana. renata minerbo “O Acupuntura Urbana surgiu da união da Metodologia Elos com meus conhecimentos arquitetônicos e urbanísticos para a melhoria de espaços públicos. A participação dos cidadãos é sabidamente necessária para melhoria da cidade e de comunidades, porém dificilmente encontramos COMO fazer isso acontecer. A Metodologia Elos é eficiente neste aspecto, principalmente por fazer uma abordagem totalmente otimista e focada na abundância ao invés da escassez, além de descobrir de maneira eficiente e lúdica o sonho coletivo de uma comunidade”, explica Renata. tony marlon Tony Marlon é jornalista e tem o projeto Escola de Notícias (EDN) http://escoladenoticias.org/, que visa a geração de renda e trabalho para a equipe e os jovens comunicadores por meio de uma Produtora Cultural e oferece uma série de Oficinas Educativas dentro Escola de Comunicação Comunitária. Ele foi selecionado esse ano pelo Rebeldes Com Causa, um projeto da marca carioca Reserva, ao lado, de outras 10 ONGs nacionais e internacionais, e foi reconhecido como um dos três empreendedores sociais mais criativos e transformadores no Brasil no ano de 2013, pelo Jornal Folha de S.Paulo e a Fundação Schwab. Além de GSA 2009, Tony voltou a trabalhar na equipe de comunicação do Guerreiros, em 2011 e 2012. “Existem dois divisores de água na minha vida. O primeiro é entrar no Projeto Arrastão, 2001, o segundo entrar no GSA 2009. ambos são pontos de grande mudança. O primeiro me apresenta o sonho de transformar as coisas como possibilidade real. o segundo me mostra que para fazer isso eu preciso querer fazer e fazer. Só. Sem segredos. O EDN tem muito de GSA, pois a base é mesma: convidar as pessoas a serem suas melhores versões nos sonhos que escolheram. No caso, os jovens na Comunicação. O Oasis, pra mim, nunca foi caminho. Foi jeito de caminhar, como diz o Emygdio Carvalho Neto (outro participante do GSA 2009, um dos fundadores do Instituto Tellus e coordenador de mobilização do Centro de Liderança Publica). Por isso, a EDN é um Oasis na Mídia. Criar espaços seguros, acolhedores para buscar historias que deem movimento ao mundo”, responde Tony, sobre como ele vê sua participação no GSA e a EDN.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

DEIXE UM COMENTÁRIO

Categories

Arquivos