Saiba como foi Show de Talentos de Bom Jesus (RS)

No dia 4 de maio, aconteceu o Show de Talentos do Bom Jesus, dentro do programa de desenvolvimento comunitário que tem iniciativa do Instituto Lojas Renner, de Porto Alegre (RS). Foram cerca de 250 pessoas presentes na praça, que foi revitalizada na Vivência Oasis, para conhecer os talentos de música, dança, poesia, artesanatos e esportes.

Foto: Renata Fetzner/Instituto Lojas Renner
Foto: Renata Fetzner/Instituto Lojas Renner

“Estou cheia de gratidão no coração. Revi muita gente que a tempos não via. Vi muito sorriso no rostinho das crianças! Vi muitas crianças que cresceram participando de outras atividades que fazíamos ali na praça. Uma delas me disse ‘tia, tu que ensaiava a gente pra cantar,né?!’ Isto não tem preço. Salve a nossa quebrada! Dá-lhe Bonja Viva! “, resumiu Nani Dutra, uma liderança do lugar.

Foto: Renata Fetzner/Instituto Lojas Renner

A organização e realização do evento foram protagonizadas pelo pessoal do bairro. A Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Secretaria de Cultura, disponibilizou o ônibus- palco para as apresentações e a equipe do Elos esteve acompanhando os moradores nos preparativos nas semanas que antecederam o evento.

Foto: Renata Fetzner/Instituto Lojas Renner
Foto: Renata Fetzner/Instituto Lojas Renner

A exibição do documentário da Vivência Oasis  durante o pôr do sol foi um dos momentos mais emocionantes da tarde. Foi lindo ver  moradoras e moradores se reconhecendo no vídeo e recordando o mutirão da praça com lágrimas nos olhos.

Foto: Renata Fetzner/Instituto Lojas Renner
Foto: Renata Fetzner/Instituto Lojas Renner

“Eu ando afastada por conta do meu bebê, mas acompanho tudo e sempre que estiver dentro das minhas possibilidades vou estar aqui. Vendo o dia do evento e as fotos me bateu uma coisa tão boa, que eu não poderia deixar de passar para agradecer de todo o meu coração tudo isso. Nós moradores da comunidade merecemos muito tudo isso, conheço a maioria dos que estão aqui no grupo e sei da luta de todos por um Bonja melhor. Entao meu muito obrigada por toda essa resistência, por todo esse amor, que nunca nos falte forças para continuar esta luta”. Gabriela Medeiros – moradora da Bom Jesus

 

A orquestra de sonhos

Por Virgílio Varela*, em português de Portugal

Um dia a cidade acordou cheia de pessoas a procura de coisas. Falavam
de coisas que existem em abundância na comunidade, perguntavam aos
moradores pelos seus talentos e sorriam entre cada pergunta. A
comunidade estava confusa, principalmente os adultos que não percebiam
o que se estava a passar. As crianças falavam pelos cotovelos, e
mostravam todos os cantos da cidade. Como se tudo aquilo validasse o
conhecimento que elas tinham.
Depois no dia seguinte, apareceram as mesmas pessoas a perguntar sobre
os sonhos. Aqueles que se esqueceram de sonhar, diziam que não tinham
sonhos e que isso era coisa que já não faziam há muito tempo. Mas como
os perguntadores tinham um sorriso que não aceitava não como resposta
e um brilho nos olhos de quem gosta de mudar o mundo – as pessoas
responderam e começou-se a ouvir uma orquestra cheia de sonhos. A
orquestra em pouco tempo tocava afinada e do acorde mais bonito, os
perguntadores e a comunidade fizeram o sonho tornar realidade: cheio
de flores, palavras inspiradoras, cores que se casavam na perfeição,
madeiras reformadas que se tornaram mesas e cadeiras renovadas… e no
final do dia, quando o Sol já se estava a pôr, todos dançaram ao som
de Zélia Duncan “Alma, deixa eu tocar sua alma/ com a superfície da
palma/da minha mão”.

O Oasis no Casal da Boba foi uma experiência comunitária única e tudo
porque a comunidade decidiu sair à rua e sonhar.
* Virgílio Varela é coordenador do HUB de Inovação Social-Amadora na Fundação EDP.
 
Clique aqui para ler o texto de Andreia Marques sobre este Oasis >>

Tapanã é demais!



Elos no Canteiro Mais Cultura é um processo de mobilização para a implementação dos Espaços Mais Cultura e das Bibliotecas Mais Cultura. O programa que está dividido em três momentos, entra agora na fase Mão na Massa, quando os moradores das comunidades materializam sonhos coletivos através da construção ou reforma de espaços públicos.
A etapa começou na comunidade Tapanã, em Belém, começou com alguns obstáculos e dificuldades, mas nada parou uma comunidade com muita vontade de transformação!

O encontro de construção da maquete foi adiado, o que parecia motivo de frustração acabou se mostrando uma estratégia de fortalecimento da comunidade: na noite prevista ao invés de construção da maquete, um encontro de realinhamento. Estar juntos e lembrar as motivações da cada um e de todos, deu ao grupo uma super energia, e muita vontade de fazer acontecer o projeto sonhado!

No dia seguinte quem fazia a mobilização era uma gente animada, com brilho no olho… Irresistível! Resultado: no final do dia, além de muita gente para participar na reunião a comunidade de Tapanã já contava com recursos materiais essenciais para iniciar a Mão na Massa! Existe forma melhor de começar a sonhar? Muitas idéias apareceram na maquete e essas idéias e sonhos vieram somados a muito comprometimento.





A Mão na Massa aconteceu em uma praça enorme na comunidade com a participação de vários recursos e talentos. Teve apresentação do grupo de capoeira e os talentos culinários prepararam Charque e mingau de arroz para os participantes.

No final do dia moradores, universitários e representantes do governo local e federal celebraram as realizações.





Alimentados por tanta realização e com os corações nutridos pela celebração e força de fazer juntos, os moradores compareceram à reunião de futuro, que foi rica de participação de vozes de reconhecimento e compromisso. Uma dessas vozes foi a da Do Carmo, que emocionou e traduziu o sentimento que enchia o ar:

“Quando a equipe veio apresentar o projeto fiquei desacreditada com o que poderia acontecer, mas quando vi o resultado de ontem (domingo) na praça, sei que temos mais forças para correr atrás dos sonhos e juntos podemos realizar o sonho que é de ocupar o espaço e dá vida ao espaço mais cultura por nós mesmos!”

A surpresa da noite ficou por conta da continuidade expontânea das ações na comunidade: Novos OASIS acontecerão em Tapanã, e a data já está marcada: Agosto. Se você mora em Belém, e gostaria de conhecer de perto uma comunidade cheia de empolgação e vontade de mudar o mundo…

Seja Bem Vindo! Tapanã é demais!